sábado, 4 de novembro de 2017

É dever, e não faculdade, o Sr Kim se pronunciar.

O Sr Kim prossegue na luta.

Bom dia, Sr Kim, como vão as coisas?
Terríveis Gafanhoto, terríveis. Já há muito tempo não se respeitava mais os PM, agora, não se respeita mais nem as esposas, viúvas, filhos, filhas e órfãos dos Policias Militares do Estado do Rio de Janeiro.
Profanam os túmulos e a honra de seus maridos com um descaramento a toda prova.
Mas Deus, Gafanhoto , o poderoso Cmt de todos os Exércitos, mais cedo ou mais tarde fará justiça. Enquanto isso , cabe a justiça terrena , amparar as famílias com as ações de DANOS MORAIS até a exaustão física, mental, moral, psicológica e financeira dos detratores.
Cabem ainda algumas observações:
1. Se estiver certa a " Teoria dos Rumores" lançada pelo jornalista Josias de Souza, então, peça a ele para pedir ao Sr Ministro para esbravejar aos quatro cantos do Brasil e do Mundo ( sim , pois hoje, a memoria do Sr Cel PM Teixeira, encontra-se desonrada até o último pedaço de terra do Himalaia e da Patagônia Argentina), a respeito de alguns rumores que correm no Estado do Rio de Janeiro, por exemplo:
a. Onde foram parar as 500 toneladas de vigas roubadas da Perimetral ?
b. Porque a segunda economia estadual do Brasil ( a primeira sempre foi São Paulo e a segunda o Estado do Rio) , foi a falência ?
c. Onde foram parar os recursos oriundos da venda do terreno de nossa Escola Superior de Policia , do nosso 2 º Batalhão, dos quilômetros quadrados perdidos da Fazenda dos Afonsos, dos alugueis de Viaturas Operacionais, por preços nunca vistos, durante dez anos, etc,etc...
d. A quem cabe a culpa pela inundação de fuzis e granadas de guerra contrabandeadas por nossas fronteiras secas , molhadas, aéreas, portos aeroportos, estradas federais, tendo em vista que não existe nos 42.000 km quadrados de nosso Estado, fábricas de AK-47, AR-15, M-16, Sig, Norinco, HK-G3, UZI, Rugger,etc...??
d. Qual o resultado do, Inquérito que apura os milhares, sim milhares de Fuzis AK-47 que teriam entrado pelo Aeroporto Tom Jobim?
e. A quem cabe a culpa pelas toneladas de munição fabricadas no Brasil e que alimentam os Fuzis dos Traficantes? ( Aliás , a teoria de que estaríamos vencendo a guerra por falta de munição inimiga foi derrubada ontem , após 15 horas de tiroteio no Juramento). Haja munição !!!!!
f. E outros rumores , Sr Josias, e muitos outros rumores, que circulam diuturnamente por nossas ruas, becos, coberturas, parques , jardins, praias, montanhas, sambódromos, , shoppings, etc.
2. Como na entrevista com o Jornalista Datena, o sr Ministro dessa vez incluiu também no rol das acusações , a gloriosa Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro, aguardemos as reações , tendo em vista que é notório que " Pimenta nos olhos dos outros é refresco de groselha".
3. Finalmente, para hoje, avise ao Senhor Jornalista Merval Moreira que , quem falou que o Ex Governador ( e não seus representantes), o procurou no alto do Complexo do Alemão para pedir apoio politico, foi o Marcinho VP e não o Nem.
Vou parar Gafanhoto, está ficando insuportável111111

A volta do Sr Kim Vidioto

Mestre Kim Vidioto voltou!!!!
Diante de tal crise provocada por hienas histéricas/neófitas e bisonhas. O Sr Kim decidiu suspender seu retiro técnico espiritual e voltar ao combate , pelo menos durante um curto período. O velho Kim reiniciou sua participação com algumas singelas observações:
1. Esqueceram de avisar ao Sr Ministro que Tropa de Elite I e II, são OBRAS DE FICÇÂO, urdidas por cineastas de caráter duvidoso e traidores institucionais pagos a peso de ouro.
Mas que seria perfeitamente lógico buscarmos inspiração para fazermos Estudos de Cenário, Analises de Conjuntura, Estudos de Situação, etc , sobre a Segurança Pública em nosso Estado, nos inspirando nos clássicos : Alice no Pais das Maravilhas, O Massacre da Serra Elétrica, Kojak, A volta do Drácula, Bareta, Ben Hur, Capitão América, Liga da Justiça, Bamby, O Fator Micro Ondas, Pablo Escobar I e II e a construçaõ de seu próprio Presidio com Cinemoteca nova e tudo, O Povo e Crônicas de Narnia, O Grande Golpe, Os Trapaceiros, etc,etc,etc,

2. Como alguém oriundo da simpática mas longínqua Ijuí, no RGS, como o Sr Dep Federal Darcisio Perondi , pode opinar tão categoricamente sobre a brutal realidade da Segurança Publica no Estado do Rio de Janeiro? Seria um génio? Afinal ele poderia ter citado também que o informante e o armeiro do trafico  presos até agora não são dos Quadros da PM;
3. Quanto ganha Zé Ruela, isto é o defenestrado por seus pares na PMSP, Zé Vicente para continuar a dizer besteiras e dar show de incomptência e virulência contra a nossa PMERJ ?
4. A afronta é inédita, Tem que ser enfrentada como tal. Correntes estão a serem puxadas por pernas descarnadas. Talins , chapas de soleiras , sabres comblains, cornetas, estão a serem manipulados com sentimento de indignação e ódio. "Afronta se lava com sangue de herói de gente brava". Seellvvvva !!!!!

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Carta aberta ao Sr Ministro da Justiça.

Exmo Sr Torquato Jardim, DD Ministro da Justiça do Brasil.

Sr Ministro:

1. Sou o Cel PM Wilton Soares Ribeiro, da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Iniciei minha carreira militar como Soldado do glorioso Exercito Brasileiro, defendendo a democracia nas longínquas terras do Caribe, Republica Dominicana.
Tive a honra de trilhar todos os Postos do Oficialato de minha Corporação,  terminando pela honra máxima  de decidir seus destinos como Chefe do Estado Maior Geral e  Cmt Geral.
Me orgulho de ter sido o primeiro colocado em todos os Cursos realizados em minha Corporação, bem como ter atingido posição de destaque na conclusão do Curso de Guerra na Selva , realizado no antigo COSAC, hoje CIGS/ EB/ Amazonas.
Deixei alguns legados em minha Corporação, o que muito também   me orgulho, como : Ter sido um dos fundadores do BOPE ( Batalhão de Operações Policiais Especiais), e posteriormente seu Comandante,   criação da VBTP/T ( Viatura Blindada de Transporte de Pessoal/Tropa ), conhecida mundialmente como " Caveirão ", criação do GAM ( Grupamento Aeromarítimo), construção do  Palácio da Caveira ( Sede do BOPE), construção do Batalhão da Maré, construção da sede nova do Batalhão de Jacarepaguá ( 18ºBPM), aquisição dos Fuzis AR.15, utilizados até hoje pela Corporação, criação dos GPAE ( Grupamento de Policiamento em Áreas Especiais), posteriormente conhecidos como UPP, bem como muitas outras realizações de Comando.

2.. Inicio minha missiva fazendo a pergunta que todos os seus amigos, auxiliares, funcionários,  colegas de outros Ministérios, superiores, etc , devem estar se fazendo nesse momento: Onde o Sr estava com a cabeça , quando às 4;00 horas da manhã , do dia 31 do corrente ,   fez constar  em anotações do Blog do Jornalista Josias de Souza, do jornal Folha de São Paulo, que o Comando Geral e de Batalhões da PM do Estado do  Rio de Janeiro são sócios do crime organizado? Que o Cel PM Teixeira teria morrido porque estava acumpliciado com o crime organizado ? Isso entre outras e outras aleivosias. 

3. A Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro,   a mais antiga Força de Policia  Ostensiva do Cone Sul, criada por D. João VI  em 1809, não merecia esse torpe e irresponsável tratamento. Ela é composta de homens e mulheres de bem. Muitos deles heróis. Se temos nossas mazelas internas , quaisquer Instituição, seja publica ou privada também as tem. Quando identificamos nossos desviados de comportamento esperado, "cortamos-lhes as cabeças". Sempre foi assim.  Ela constitui a melhor força permanente de combate urbano do Brasil , quiçá da América do Sul. Ela é a última barreira entre a relativa ordem e o caos social a ser em futuro não muito distante, composto por  força destruidora da criminalidade violenta, armada com armas de guerra, que  poderá se abater de forma ainda   mais brutal e impiedosa  sobre  nosso Estado. Destrui-la, a PMERJ,  se  esse  é o vosso desiderato , é crime de lesa-pátria.

4. Seus homens e mulheres, para defender a sociedade fluminense, independente de qualquer classe social,  estão a morrer  como moscas, abatidos pelas balas assassinas oriundas dos Fuzis de Guerra e Granadas, que o Sr , por dever de oficio,  deveria evitar que inundassem nossas fronteiras secas, molhadas, aéreas, portos, aeroportos, estradas federais. Somente neste ano de 2017, até o dia de hoje,  foi atingida  a macabra e covarde cifra de 114 Policias Militares assassinados.

5. Então,  que historia é essa de atacar publicamente a PM do Estado do Rio de Janeiro e seus Oficiais e Praças, sem apresentar fatos concretos? Seu foro privilegiado não lhe dá este direito Sr Ministro. A Casa de Vidigal e Castrioto está profundamente indignada e revoltada com tal irresponsável e  inconsequente  procedimento totalmente desprovido do mínimo  pundonor.

6. Em nome de cada Cmt de Batalhão ou de fração menor, vamos nos defender. Em nome da memória do Cel PM Teixeira, já saudoso Cmt do 3º BPM,  tombado em combate , vamos nos defender. Em nome de cada familiar PM atingido , vamos nos defender. Em nome de cada gota de sangue PM derramada em solo pátrio ,  ao longo de 208 anos de existência servindo e protegendo o povo de nosso Estado do Rio de Janeiro, vamos nos defender . Em nome dos tombados na Guerra do Paraguai e na  Revolta da Armada, vamos nos defender.

7. O Sr conseguiu atingir-nos naquilo que temos mais sagrado em nosso espirito militar. Nossa honra e a memoria honrosa de nossos mortos e feridos em combate. O Sr profanou os túmulos de nossos heróis. O Sr afrontou a sagrada história da Policia Militar.

8. Vamos processá-lo Sr Ministro. A Caserna General Castrioto e o QG de Vidigal vão  leva-lo às barras dos tribunais. Cada Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro e seus também sofridos e mártires  familiares vão  interpela-lo  judicialmente para que o Sr prove suas acusações. Essa será nossa defesa.   Este é o nosso dever. Essa é a nossa obrigação institucional.


Cel PM Wilton Soares Ribeiro, foi Cmt Geral da PMERJ

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

QUEM TRAI A PM, TRAI A SOCIEDADE ou OS ENCAIXOTADORES DE FUMAÇA E A PM.

Estava pensando onde será o limite do cinismo humano.
Me quedava justamente pensando nisso, quando recebo uma msg do Mestre Kim Vidioto, presa a perna de um magro Corvo que se agitava no alpendre de minha janela. Era o estimado Corvo Pardal.
Dei-lhe milho picado e agua, e comecei a ler a msg de diminutas letras apertadas sobre também diminuto papel.
"Caro Cel Wilton, li hoje, Domingo, ( 20/8/17), uma reportagem no Jornal O Globo Caderno Niterói , e gostaria de fazer algumas observações:
1. Como uma pessoa séria pode se apresentar como professor do Departamento de Segurança Publica do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos da Universidade Federal Fluminense. Se fossemos estabelecer uma sigla seria: DSPIECACUFF, caramba!!!
2. Ele é Policia ?, Ele cursou a EsFO ( APM DJ VI), fez o
CAO, CSP, a Academia Silvio Terra, da Policia Civil. ?? Já subiu morro em operações policiais, já, sentiu gosto de sangue ou de outras coisas na boca?
3. Então como esse senhor de nome Lenin Pires, chegou a tão contundentes conclusões a respeito de crises, mudanças de objetivos, estruturas e atitudes da criminalidade fluminense?
4. . Quanto ao Sr Cariello, esse tem legitimidade. Eu o conheço como guerreiro, tem conhecimento de causa na materia.
É Sr Wilton , realmente não tem jeito, " Só Coça , Só coça......Ah , já ia me esquecendo, fale com o honrado Cmt do 12 BPM Cel Rocha para não perder seu precioso tempo fazendo contraponto com embusteiros de plantão. Afinal a bandidagem tá danada nas ruas de Niterói."
Claro que concordei com o Sr KIM. Vai ser cínico assim lá em Ribeirão das Lages...........

Esperei o Corvo Pardal se recuperar da longa viagem e atei à sua patinha uma nova msg, dizia  apenas , caro Mestre , muito me preocupou também o publicado nas primeiras e 12ª paginas de "O Globo", também de hoje ( 20/8/17), com o título: " PM dependem de aval do trafico para subirem favelas no Rio/ Que Policia é essa ?" Qual a sua opinião a respeito ?

Pardal não precisou alçar vôo . Imediatamente uma profusão de luzes e sons se fizeram presentes. Uma figura pequena e iridescente surgiu no lugar onde a janela abriu sozinha. Flutuava.  Notei imediatamente que KIM estava com profundas rugas de tristeza, decepção e ódio.
Usava uma armadura de combate que eu ainda não tinha visto .

Falou não em sua costumeira voz baixa e melodiosa , mas em um tom alto forte e desafiador:

"1. PENSEI QUE VOCE NÃO FOSSE PERGUNTAR?
E A SEGUIR RESPONDEU, AOS BORBOTÓES, COMO EU AINDA NÃO TINHA VISTO:

2. QUE POLICIA É ESSA? EU DIGO,   É A POLICIA DO CABRAL, DO BENINCÁ  BELTRAME, DOS ROBSONS, DOS IBIS, DAS  RAMOS, DOS CANOS, DOS KANTS, MISSES, PIRES,  TRAJANOS, DOS PROXIMIDADESCOS, DOS COMUNITARESCOS, DAQUELES QUE LÁ ESTIVERAM  E NUNCA COMPRARAM UM ARMAMENTO DIGNO PARA ATROPA, DOS ADORADORES DOS FUZIS ( DOS CRIMINOSSO, OS QUAIS DEFENDEM SUAS TEORIAS COMO  SE ESSES FUZIS FOSSEM BUQUES DE FLORES), QUE NUNCA DERAM UMA FORMAÇÃO E UM TREINAMENTO DIGNOS PARA A TROPA ENFRENTAR A REALIDADE DA GUERRA DO ERJ, QUE LERAM MUITOS LIVROS, MAS POUCOS MANUAIS, POUCAS NI , POUCOS POp E OOp,  QUE NUNCA SUBIRAM OU ESTIVERAM EM UM TO EM EBULIÇÃO PARA COMBATER, DOS QUE ENTREGARAM JOVENS MAL TREINADOS , MAL ARMADOS E ABRIGADOS EM CONTEINERS DE PAPELÃO  À SANHA DOS LOBOS ASSASSINOS DAS FACÇÕES CRIMINOSAS, PARA SEREM ASSASSINADOS NAS FRIAS E LONGAS MADRUGADAS, ENQUANTO DORMIAM EM SEUS LENÇÓES EGIPICIOS EM APARTAMENTOS DE ORIGEM DUVIDOSAS NA VIEIRA SOUTO, É A POLICIA DOS QUE DESTRUIRAM ANOS APÓS ANOS,  DOLOSAM,ENTE,  A CAPACIDADE COMBATIVA DA QUE FOI A MELHOR POLICIA DO CONE SUL. É A POLICIA DAQUELES QUE QUASE VENDERAM POR PURA  MERCANCIA SEU QUARTEL GENERAL E PRATICAMENTE FECHARAM SUA ACADEMIA DE POLICIA.E QUASE FECHARAM TAMBÉM A ESCOLA DOS SEUS ORFÃOS, É A POLICIA DOS QUE VENDERAM SUA ESCOLA SUPERIOR, SEUS BICENTENARIOS QUARTEIS E SEU LABORATORIO INDUSTRIAL FARMACEUTICO, É A POLICIA DOS ENCAIXOTADORES DE FUMAÇA,  DOS MIMICOS,  DOS ARTISTAS, É A POLICIA DAQUELES QUE PREGAVAM NOS NOVOS CURRICULOS DAS ESCOLAS O ACOVARDAMENTO DIANTE DO CRIMINOSO.

3. SUBITAMENTE  PAROU. UMA VOLUMOSA VEIA EM SUA TESTA PARECIA QIE IA SALTAR FORA DO PEQUENINO CORPO;

CHEGA, NÃO ESTOU BEM. DESDE DE QUE LI ESSA MATERIA HOJE DE MADRUGADA , FIQUEI COMPLETAMENTE FORA DE MIM. DESCULPE.

4. E AGORA,  JÁ COM SUA COSTUMEIRA CALMA E MELODIOSAVOZ.
CONCLUIU, MAS SR WILTON, QUEM ESTÁ LÁ AGORA LUTA PARA REVERTER ESSE QUADRO, HÁ ESPERANÇA, LONGÍNQUA , MAS HÁ.
 O GRANDE E REAL PERIGO NÃO ESTÁ SÓ AI , ESTÁ PRINCIPALMENTE, EM COMO O PERIÓDICO, NA CITADA MATÉRIA,  APRESENTA  OS TRAIDORES INSTITUCIONAIS E AGREGADOS, QUASE COMO HEROIS /E OU COMO SE NÃO TIVESSEM A MINIMA CULPA OU DOLO PELO TSUNAMI DE DESTRUIÇÃO PRATICA  E IDEOLOGICA QUE NOS ULTIMOS DEZ ANOS SE ABATEU SOBRE A POLICIA DE VIDIGAL E CASTRIOTO,  A BICENTENARIA PMERJ.

ISSO SIM, ALÉM DE POLICIAL TER QUE PEDIR PERMISSÃO A CRIMINOSOS PARA ASSUMIR SEUS POSTOS NOS MORROS CARIOCAS , ESSE ACOBERTAMENTO DOS VERDADEIROS CULPADOS É ALTAMENTE PREOCUPANTE.

ESTAMOS EM GUERRA SIM, MAS A FORMA COMO OS VERDADEIROS CULPADOS ESTÃO SENDO TRATADOS, ISSO PODE SER TUDO,  MENOS UMA " EDITORIA DE GUERRA"

AI TEM COISA SR WILTON !!!!!!! "

Diferente como das vezes anteriores, não se despediu, apenas sumiu, desapareceu, deixando no ar um cheiro forte de pós chuva em floresta virgem primaria.

Minha angustia aumentou. Recolhi-me a um canto da pequenina varanda,  prostei- me  ao chão, não de joelhos como das vezes anteriores, mas com o rosto colado ao solo frio e úmido. Cara no chão. Ali fiquei até o sol raiar, com pensamento voltado ao Senhor de Todos os Exércitos. Senhor, murmurava como se fosse um mantra , se a PM falhar, acaba a sociedade. Não permita, não permita. Devolva-lhe a capacidade combativa, devolva-lhe a quase perdida honra, faça dela novamente seu Exercito contra o mal.


domingo, 20 de agosto de 2017

" O efeito chinelada na barata na Inter TV Cabo Frio."

Fui convidado pela Inter TV de Cabo Frio ( 16/ 8/ 17),  para opinar sobre a diáspora de traficantes de drogas armados de fuzil na Região dos Lagos.
Assim me pronunciei. É logico que, como sempre, fala-se 15 minutos e vai-se ao  ar, 30 segundos. Selvvvaa !!!!




http://g1.globo.com/…/rj-inter-tv-1-edicao-mostra-…/6083135/

domingo, 30 de julho de 2017

O efeito "chinelada na barata" e o estudo da mancha criminal.

O efeito "Chinelada na Barata".

Quando uma dona de casa aplica uma chinelada em uma infestação de baratas,  que localizou em sua cozinha, às vezes mata duas ou três. O que acontece com as outras ??
Desaparecem correndo,  para  onde ? Para a varanda, quintal, quartos, banheiro, etc.
Em razão dessa diáspora, deixam de ser baratas?
Alguém já viu uma ou mais baratas se transformarem em beija-flores? Em Joaninhas ?
Alguém já viu uma ou mais baratas, entrarem nas filas da Secretaria de Trabalho para tirarem Carteiras de Trabalho,  e começarem outra profissão, ganhando um salario mínimo por mês, por exemplo. Não,  não deixam de ser baratas e nem de trabalharem como baratas.

Pois é , é exatamente assim que acontece com os traficantes de drogas quando são submetidos às pressões das ações policiais., ou seja, uma delas  o efeito UPP. Não deixam de ser traficantes  e nem de traficar drogas.
O que surpreende , é que todos nós estudamos a fundo em nossa PM ,  a formação , características, condicionantes cientificas, georeferenciamento, controle, deslocamentos,  etc, da famosa mancha criminal.
E nem assim conseguimos evitar que tal fenômeno, alicerçado e robustecido pela volúpia eleitoral de alguns, chegasse ao ponto que chegou. A interferência politica em nossa PM, que antes provocava apenas dissabores e injustiças , nos últimos tempos passou a provocar  mortes em série de PM.

Isso vem acontecendo nos últimos 10 anos  em nosso  Estado.

A concentração de 25 % de todo o efetivo da PM em ocupação de determinados bolsões de criminalidade violenta , situados em algumas  áreas do Município do Rio de Janeiro, sem que um planejamento global acompanhasse  as necessidades  das UOp Ordinárias,  limítrofes ou interioranas,  em efetivos e meios, fez com que as "baratas", a principio migrassem aos borbotões para as áreas  da Grande Niterói ( Niterói, São Gonçalo, Maricá,Itaboraí), Região dos Lagos, Baixada Fluminense do ERJ e , Zona Norte e Zona Oeste do RJ.
A principio, tudo bem, - finalmente teria chegado a celestial pacificação pela presença maciça dos homens de azul. Pelo menos em algumas áreas, exatamente o mesmo efeito dos saudosos  GPAES, criados nos anos de 2000, sendo o Projeto Piloto com muito sucesso na mídia,  implantado justamente nos Pavão, Pavãozinho e Cantagalo, em Setembro daquele ano.

Mas,  a partir daí,  o fenômeno da complexa roda  do controle da criminalidade,  com todas as suas variáveis, sempre começa a atuar, senão vejamos:

As baratas / traficantes,  aos se espalharem por todo nosso ERJ com suas armas de guerra e seus produtos da morte, descobriram que  por onde chegavam,  sempre havia um ótimo mercado consumidor de droga, ou seja, na Baixada , Niterói, São Gonçalo,  Interior, muita gente também cheirava, fumava e se injetava. Estava globalizada a droga e o fuzil por todos nosso Estado. Abre-se a porta do inferno para o interior de nosso Estado do Rio de Janeiro.

Mas continuava o posicionamento geral.  Bem,  mas pelo menos nas áreas da Capital, ocupadas pelas UPP, reina a paz.

Ocorre que o principio básico de qualquer  ocupação militar/ policial, é encher um determinado espaço geográfico de Militar /Policia. Pronto , afastou o criminoso e inibiu o crime.
Taticamente ocupam-se se os pontos críticos, quais sejam, os acidentes do terreno  a cavaleiro, os das antigas bocas de fumo, as rotas de saída e chegada, estabelece-se uma rota de suprimentos guardada  e segura, guarnece-se os pontos periféricos, etc. Para isso há necessidade de se ter uma quantidade X de homens , 24 horas por dia. Como as UPP, a exemplo de toda PM perdem efetivo diariamente, sem reposição, um planejamento inicial , feito para se cobrir 30 pontos estratégicos inicialmente , com o passar do tempo,  o efetivo só dá para cobrir 20, ou menos., e cada vez menos.

A barata / traficante,  que havia fugido para o Interior, Baixada, e outros locais, toma conhecimento que parte de seu antigo território tornou  a ficar  desguarnecido, e volta,  ocupando os outros 10 ou mais  pontos estratégicos que a UPP não mais conseguia cobrir.  Pronto,  restabelece-se o domínio territorial criminoso e volta a morrer PM, e volta a vender sua droga. Mas ele deixou porem no Interior, o seu preposto, cuidando  de suas bocas recém implantadas e muito rendosas.

Enfim, Volta a não mais ter paz  na Capital, onde se havia concentrado  por vários anos todos os recursos da PMERJ, e nem mais ter paz no Interior, para onde se mandaram os bandidos em magotes, e retiraram os Policiais.

Afinal, a Politica de Segurança adotada, conseguiu  implantar o terror, gradativamente, em cada e qualquer centímetro quadrado de território de nosso Estado.

Mas, apenas para ratificar,   a outra consequência, é que a antiga migração atropelada,   torna-se  com o tempo  uma expansão regular, como se franquias ou filiais  do trafico fossem. A droga obedece às lei do mercado. Se tem  procura,  tem oferta. E assim conseguiu-se espalhar bandidos armados com  armas de guerra , e o comercio violento de drogas, em todo território  do Estado do Rio de Janeiro, nos últimos 10 anos.( Quando há 10 anos ,  se ouviria falar em apreensão de 10 ou mais  Fuzis de Guerra em Cabo Frio ? Em troca de tiros entre facções  criminosas em Barra de São João ?. Em domínio  territorial de criminosos armados  de fuzis em Macaé, Angra dos Reis e Rio das Ostras, entre tantos outros?

E para terminar, aplicou-se a mais perversa Equação na área do combate a criminalidade que se tem noticia, isto é aumentou-se exponencialmente a quantidade de bandidos com as seguidas "chineladas", e reduziu-se -se ano após   ano ,  até chegar-se a menos da metade do efetivo que tinham há  dez anos, os Equipamentos policiais , Batalhões, Delegacias, elementos de recobrimento, reforços pelas atividades meio , etc,  responsáveis pelas  áreas da Baixada, Niterói, São Gonçalo, Zona Norte,  Oeste, etc.

Ou seja, mais bandido , menos Policia.

Apenas para meditar, a PM em 208 anos ( 1809-2017 ), implantou 42 Batalhões Ordinários.
Em seis anos, (2000-2006), implantou 14 GPAE.

Enquanto que,  em seis anos ( 2008-2014), implantou 40 UPP.

O gigantismo na saúde , mata o ser humanos doente, na iniciativa privada leva o empreendimento a falência, enquanto que na Administração Pública de Segurança ,  leva à morte de seus  Policiais Militares.

O gigantismos inconsequente concentrado em um só lugar,  tratando os outros espaços geográficos e Órgãos à  volta com desnutrição quase absoluta, espalha  bandidos armados de fuzis por todo um Estado da Federação. Foi o que aconteceu.

Ainda há solução?? Há . Puxar o freio de mão, parar, reorganizar, consolidar, emassar efetivo, e avançar novamente. Nada que o emprego do velho método do ESAON não resolva. Retornar ao TO, mais forte, mais profissional, mais inteligente, sem interferência politico partidária. com fins eleitoreiros. Colocando o PM em seu devido lugar de destaque e reconhecimento . Ele é um Herói.

OPERAÇÃO P13 NELES !!!!!!

OBS: Se atingiu-se tal calamitosa situação por inexperiência,  incompetência, arrogância , vaidade profissional excessiva, falta de preparo para o exercício das funções, é uma coisa, mas se houve dolo, intencionalidade oculta,
  ai a coisa é  seríiiiiissima !!!!


Viva a  PPPPPMMM !!!!!!!!!

terça-feira, 25 de julho de 2017

Mania antiga de procrastinar decisões que são nossas, só nossas.

No mês de Outubro do ano passado ( 2016), recebi uma mensagem provavelmente vinda do além, a qual  concluía uma matéria postada à época, intitulada "Operação P13, a salvação??".

Temos em nossa Instituição uma maldita postura de retardar até quase o infinito, decisões profissionais,  praticas, simples e factíveis. O  que ocorre, infelizmente, é que por questões conjunturais e estruturais, sempre veem pessoas de fora , às quais, com o Bastão na mão,  em uma fração minutos toma essas mesmas decisões, que já deveriam ter sido tomadas por nós em seu devido tempo.
Cito como exemplo, o advento da autorização do  uso da segunda arma. A autorização para a Praça entrar à paisana em nossos aquartelamentos. A compra e uso do Fuzil por nossa Tropa, entre outros casos.
E alguns internamente, ainda tinham  a "coragem" de dizer. " Que maravilha"."Que explêndida ideia". " Porque não pensamos nisso antes". Ora já haviam sido pensadas e planejadas há séculos, faltava apenas decidir. Colocar em prática.

Pois bem fico muito triste , pois sinto que novo momento,  igual aos citados está se aproximando, razão pela qual, me sinto na obrigação de republicar a OS s/n, oriunda do QDCS, e publicada em Outubro de 2016.






Quartel em Dimensão Castrense Superior
OS s/n. Outubro de 2016

Providencias a imediato prazo para  aqueles que desejarem salvar o que restou de nosso amado Estado do Rio de Janeiro, no campo da Segurança Pública.

1.Reunir-se com as Policia Militar e Civil, Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Sistema Penitenciário, Representantes Politicos e Imprensa  e informar,  que sem a interpretação das leis a favor das forças do bem, nada será possível;

2. Comprar em regime especial:
              . 4.500 Fuzis, novos,  de inquestionável qualidade, sendo 500 para a PC e 4.000 para a PM. Munição em quantidade compatível.
             
              . 100 Viaturas especiais para Patrulhamento Tático, blindadas.
             
               . 20 VBTP ( Caveirão).


              . 20.000 Coletes
  
               . Radios de VTR e Portáteis.

3. Reduzir de 38 GPAE/UPP para , a principio,  20. Dos 5000 Homens recuperados, destinar 1600 para comporem Comboios junto as 100 Vtr adquiridas. Iniciar Patrulhamento Agressivo.
   Apoiar as UPP restantes, as mais criticas,  com 1400 Homens ( Onde tem Policia não pode ter bandido).

   Recompor  os Batalhões, em áreas críticas, com os restantes  2000 Homens finais.

4. Determinar que O BOPE, CHOQUE e a Unidade de Cães, realizem ações sistemáticas nas áreas que perderem as UPP.

5. Investir pesado no HCPM e HPM/Nit.

6. Pagar o salario da Tropa em dia;

7. Recriar a Caixa de Economias da Policia Militar;

8. Comando e EM sempre a frente da Tropa;

9. Reuniões sistemáticas de avaliação , de todo Sistema Criminal.

E que Deus, o Senhor de Todos os Exércitos nos ampare.



OBS- As providencias a  médio e longo prazo serão planejadas e executadas em seus devido tempo.


ACUSE ESTAR CIENTE.
   


Terminei de ler. Sai a varanda. O frescor da manhã , o cantar dos pássaros,  o cheiro das flores e o barulho característico da floresta em redor, tudo representava vida, amor, paz.

Reli o documento em busca de nuances cientificas, policiológicas, antropofilosóficas, comunitariproximidadescas.  Não tinha, era apenas um reduzidíssimo trabalho de P13, isto é P1 e P3.

Mas que pode vir a salvar nosso Estado do Rio de Janeiro. Quem sabe?????

A dor de cabeça passou, o sono voltou, os tremores e suores noturnos cessaram . É, quem sabe???

Estou encaminhando para os canais competentes, o " Escalão Girafa".